Viajar no seu Corpo

Viajo
no teu corpo
caminhos
nunca imaginados.

Delírios
de náufrago ? deriva
em noite de temporal.

Viajo em ti
sonhos de uma ternura
nunca sentida.

Ademir Antonio Bacca